Pular para o conteúdo

Sindilat participa de encontro que avalia modernização trabalhista

O 2º Seminário "A Evolução da Modernização Trabalhista", realizado nesta terça-feira (16/7), no Centro de Eventos da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), em Porto Alegre, reuniu representantes de indústrias, entidades e sindicatos, dentre os quais o Sindicato da Indústria de Laticínios do Rio Grande do Sul (Sindilat). O objetivo foi discutir o futuro do mercado de trabalho brasileiro a partir da reforma trabalhista, aprovada em 2017, que alterou regras para flexibilizar o regime de trabalho e simplificar a relação entre empregador e trabalhador.

Para o secretário-executivo do Sindilat, Darlan Palharini, é de suma importância que esses temas sejam debatidos, visto que precisamos reconstruir a atividade econômica do Brasil. "Um País só cresce à medida em que as empresas crescem", afirmou. O seminário contou com diversos painelistas que abordaram, também, a reforma da previdência, taxa de desemprego, terceirização, flexibilização de horários, trabalho em home office, dívida pública, concessões e privatizações, entre outros pontos.

Segundo a especialista em Direito do Trabalho Alessandra Lucchese, que comandou um bate papo sobre os novos modelos legais de realização do trabalho, para se ter uma empresa inovadora, é preciso ter pessoas inovadoras trabalhando. "Estamos em uma nova era de tecnologia e informação onde, a cada dia, serviços que nunca imaginamos são criados", reflete.

Foto: Stéphany Franco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *