Pular para o conteúdo

Oceania – Perspectivas do Mercado Lácteo

GILGILA produção de leite australiana está sendo beneficiada pelo clima favorável em regiões importantes. Outro estímulo vem das margens que proporcionam bons retornos.  Chuvas ao sul da Austrália, especialmente em Victoria, melhoraram as pastagens. Os produtores diminuíram a demanda por feno, e o preço do volumoso caiu ligeiramente. A taxa de abate de vacas de leite aumentou, diante do elevado preço da carne. O número de novilhas para exportação caiu, uma vez que os produtores seguram seus animais para reposição do rebanho. O Departamento Australiano de Agricultura e Recursos Econômicos (ABARE) projeta aumento de 8% nas exportações de produtos lácteos na temporada 2015/16. As projeções foram estabelecidas com base nas condições médias sazonais e crescimento econômico global de 3,3%. A Dairy Australia divulgou as variações nas produções de commodities lácteas em dezembro de 2014, comparadas com 2013: manteiga (-192%); butteroil (+10,5%); leite em pó desnatado (+12,4%); leite em pó integral (-26,3%); manteiga em pó (-8,2%). Queijo (+19,2%); e soro em pó (-26,3%). O relatório da Dairy Australia mostra ainda que houve aumento de 0,7% nas exportações de lácteos de julho a janeiro, em relação ao ano anterior. As variações entre os lácteos foram: manteiga (-20,1%); butteroil (+10,2%); Cheddar (-13,1%); Leite em pó desnatado (+28,4%); Leite em pó integral (-38,9%); e soro (+0,7%). Na Nova Zelândia a produção de leite cai a taxas crescentes. Algumas estimativas apontam queda de 1,5 a 2% em toda a temporada, em relação à estação anterior. Nas últimas semanas houve aumento nas taxas de abate de vacas leiteiras, acima das taxas verificadas no ano passado. E alguns analistas avaliam que sejam os maiores percentuais em dez anos. Na Ilha Norte as chuvas nas últimas semanas foram abundantes. Na Ilha Sul, as chuvas são escassas, especialmente na região de Canterbury, onde continua bastante seco. (USDA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *