Pular para o conteúdo

31/03/2021

Newsletter Sindilat_RS

Porto Alegre, 31 de março de 2021                                                         Ano 15 - N° 3.434


Um só guarda-chuva para abrigar projetos de irrigação

No dia em que começa a despachar como nova secretária de Agricultura, Silvana Covatti terá a sua mesa um assunto que vem sendo tocado em meio ao processo de transição. É a construção de uma espécie de guarda-chuva para abrigar todos os temas e programas relacionados à irrigação no Estado. O primeiro desenho já foi apresentado ao chefe da Casa Civil, Artur Lemos, e ao Secretário de Meio Ambiente e Infraestrutra, Luiz Henrique Viana. E hoje será esmiuçado para a nova titular da pasta.

Sem dar muitos detalhes, o ex-secretário Covatti Filho diz que a proposta engloba todos os aspectos relacionados ao tema. E que vem sendo elaborada a muitas mãos, por incluir "questões orçamentárias e alterações de lei". Também foram recebidas sugestões da subcomissão de irrigação da Assembleia Legislativa.

As culturas de sequeiro (trigo, milho, soja e feijão) somam mais de 8 milhões de hectares, mas a área irrigada é inferior a 3%. Adormecido durante a longa temporada de safras cheias, o assunto voltou ao debate por conta da estiagem do ano passado, que aprofundou o resultado negativo do PIB gaúcho. E que trouxe problemas no início do atual ciclo.

O Rio Grande do Sul já conta com iniciativas de incentivo, como Mais Água, Mais Renda, que pode ser incluído no novo pacote. Uma das novidades a ser proposta é criação de selo de proteção de água, que resultaria no aumento de subsídio ao produtor em programas existentes, como o troca-troca de sementes. (GZH)


Cooperativa Cativa & Lactalis do Brasil firmam Parceria Estratégica* 

Em 31 de março de 2021, a Lactalis do Brasil firmou um acordo de parceria com a Cooperativa Cativa, com sede em Londrina, no Estado do Paraná. O acordo prevê uma parceria de longo prazo, tendo como base um contrato de fornecimento exclusivo de leite por parte da Cativa à Lactalis por 10 anos e renovável por mais 10 anos.

O projeto tem o objetivo de desenvolver ainda mais, em conjunto, a bacia leiteira da cooperativa e da região. Neste escopo, a Lactalis adquire as unidades operacionais da Cativa localizadas em Cerqueira César (SP) e Londrina (PR) e o centro de coleta de Pato Branco (PR), bem como toda a estrutura comercial da Cativa.

A Cooperativa Cativa foi fundada em 1964 e é uma das líderes de captação e processamento de leite no Estado do Paraná. Em 2020, seu faturamento foi de R$ 1,1 bilhão e a captação anual de leite de 360 milhões de litros. Para Paulo Cesar Maciel, presidente da Cativa, “a cooperativa vai se concentrar na relação com os produtores, na melhoria da qualidade do leite e no desenvolvimento da coleta se beneficiando do know how da Lactalis na área de lácteos, uma empresa sólida e confiável com quem nós construímos uma relação de confiança que queremos manter ao longo do tempo".

A Lactalis do Brasil, líder do segmento de lácteos no Brasil, teve um faturamento de R$ 9,8 bilhões em 2020 e um volume de captação de 2,7 bilhões de litros de leite. Para Patrick Sauvageot, presidente da Lactalis América Latina, “com essa parceria “ganha-ganha”, a Lactalis se beneficia da experiência e da confiança da cooperativa junto aos seus 4.000 produtores, aos quais nós trazemos nosso conhecimento industrial e a perspectiva de desenvolvimento de sua produção. Após o acordo assinado com a CCPR em 2019 em Minas Gerais, número 1 em produção de leite no Brasil, essa parceria com a Cativa reforça nossa presença no Paraná, segundo estado produtor, consolidando assim nossa ação em favor do desenvolvimento do setor de laticínios do Brasil”. (Lactalis)
 
*as empresas assinaram um acordo exclusivo que passará pela avaliação do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica)

 

O que os produtores eficientes estão fazendo?

A produção de leite no Brasil é bastante heterogênea em relação aos sistemas de produção predominantes nas diferentes bacias leiteiras e aos indicadores que determinam a eficiência na atividade. Mas, no final, esta heterogeneidade é positiva ou negativa?

Quando planta soja, um agricultor sabe que sua produtividade final tem de estar entre 3,6 a 4,0 ton./hectare, para que a lavoura resulte numa atividade lucrativa — se estiver abaixo deste patamar, provavelmente amargará prejuízo.

Temos indicadores semelhantes para a atividade leiteira? Quais são eles? E, principalmente, em relação a cada um destes indicadores que determinam o ótimo técnico e o ótimo econômico da produção de leite, quais as melhores práticas no mercado brasileiro?

O Matheus Moreira, do Ideagri/Rehagro, trará para o Fórum MilkPoint Mercado On Line, nos próximos dias 27 e 29 de abril, a visão dos principais KPIs da atividade leiteira e, principalmente, sobre os resultados conseguidos pelos mais eficientes produtores do mercado brasileiro nestes indicadores. A discussão busca estabelecer “a régua” para produtores e técnicos que atendem produtores em todo o mercado e trará luz sobre o real potencial produtivo em nosso país.

Quer participar do Fórum e ter acesso a esta discussão e a outros temas que ajudarão a definir as estratégias futuras de sua empresa em 2021? Faça já aqui a sua inscrição e prepare-se melhor para o incerto futuro do mercado lácteo brasileiro! (Milkpoint)


Jogo Rápido

Prazo para entrega da declaração anual do rebanho termina em maio
A declaração anual do rebanho deste ano, documento obrigatório a ser preenchido pelo produtor e encaminhado para a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), deve ser entregue até 31/5. O prazo iniciou no dia 02/01/2021.O formulário está disponível neste link. Por causa da pandemia, a orientação é que as declarações sejam encaminhadas preferencialmente por e-mail ou por WhatsApp para as inspetorias respectivas. Os e-mails das IDAs podem ser consultados aqui. O número de WhatsApp de cada inspetoria é o mesmo de seu telefone fixo. Cerca de 400 mil propriedades em todo o estado devem fazer esta declaração, exigida desde 1998. (SEAPDR)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *