Pular para o conteúdo

19/11/2020

Newsletter Sindilat_RS

Porto Alegre, 19 de novembro de 2020                                                  Ano 14 - N° 3.350


Instalação de estações meteorológicas na reta final no RS

O Rio Grande do Sul recebeu três novas estações meteorológicas nos municípios de São Borja, Bossoroca e Jaguari na última semana. Elas vão fazer o monitoramento das condições climáticas em tempo real. Até dezembro vão ser 20 estações espalhadas no estado, gerando dados diversos sobre umidade, temperatura, vento, chuva, radiação, entre outros.

As estações estão sendo instaladas em regiões onde ocorreram registros de deriva do 2,4D. E são fruto de uma parceria entre a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Ministério Público Estadual e empresas de herbicidas. Além de parcerias locais com prefeituras, universidades e sindicatos.
“Uma rede de estações, quanto mais densa, quanto maior ela for, melhor serão as informações geradas por ela. Então, além das estações ajudarem a monitorar as condições ideais para fazer a aplicação do 2,4D e qualquer outro produto fitossanitário, elas vão melhorar o monitoramento agroclimático do estado, disponibilizando assim uma informação mais segura para o produtor do Rio Grande do Sul’, afirma Flávio Varone, meteorologista da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr).

“O Rio Grande do Sul enfrente diversos desafios climáticos com frequência, desde estiagem até excesso de chuvas, granizo, geadas etc. Não podemos interferir na natureza, mas com a instalação das unidades de monitoramento teremos mais facilidade me prevenir estragos e amenizar impactos. Um bem valiosíssimo para todos os agricultores gaúchos’, destaca o secretário Covatti Filho.

Na próxima sexta-feira (20), devem ser instaladas as estações de São Francisco de Paula e Caxias do Sul, sendo a de Caxias em parceria com Departamento de Diagnóstico e Pesquisa Agropecuária (DDPA), da Seapdr. A estação deve gerar dados para o projeto do Lúpulo que está implementado (veja aqui mais informações).

E as últimas duas estações a serem instaladas são nos municípios de Porto Vera Cruz e Aceguá.

Sistema de Monitoramento e Alertas Agroclimáticos (Simagro): A partir da instalação das estações meteorológicas, o Rio Grande do Sul terá nos próximos meses um sistema próprio que vai gerar informação de tempo e clima próprios. É o Sistema de Monitoramento e Alertas Agroclimáticos (Simagro).

De acordo com Varone, ”nós vamos gerar produtos para todos os municípios do Rio Grande do Sul. São 497 ao todo. Vamos gerar, além do índice de aplicação do 2,4-D, os mais diversos produtos como monitoramento da ferrugem da soja, algum produto para o arroz, a oliveira, a uva, entre outras culturas”. O sistema estará disponível gratuitamente para o produtor gaúcho através do site da secretaria. (SEAPDR)


Conseleite/MG: preço do leite entregue em novembro tem projeção de queda de 4%

A diretoria do Conseleite Minas Gerais reunida no dia 18 de novembro de 2020, atendendo os dispositivos disciplinados no artigo 15 do seu Estatuto, inciso I e de acordo com metodologia definida pelo Conseleite Minas Gerais que considera os preços médios e o mix de comercialização dos derivados lácteos praticados pelas empresas participantes, aprova e divulga:

a) os valores de referência do leite padrão, maior e menor valor de referência para o produto entregue em Setembro/2020 a ser pago em Outubro/2020.

b) os valores de referência do leite padrão, maior e menor valor de referência para o produto entregue em Outubro/2020 a ser pago em Novembro/2020.

c) os valores de referência projetados do leite padrão, maior e menor valor de referência para o produto entregue em Novembro/2020. a ser pago em Dezembro/2020.

Períodos de apuração:
Mês de Setembro/2020: De 28/08 a 01/10/2020
Mês de Outubro/2020: De 02/10 a 29/10/2020
Decêndio de Novembro/2020: De 30/10 a 12/11/2020

Os valores de referência indicados nesta resolução para a matéria-prima leite denominada “Leite Padrão”, se refere ao leite analisado que contém 3,30% de gordura, 3,10% de proteína, 400 mil células somáticas/ml, 100 mil ufc/ml de contagem bacteriana e produção individual diária de até 160 litros/dia. Os valores são posto propriedade incluindo 1,5% de Funrural (As informações são do Conseleite MG)

 

O III Fórum Internacional de Agronegócio ocorrerá no dia 26 de novembro

O evento tem o objetivo de apresentar cases de sucesso e novas tecnologias utilizadas mundialmente no setor agro, segmento chave na economia brasileira, especialmente no RS.
Processamento de leite nas indústrias será o tema central da edição deste ano do Fórum, que contará com palestras de representantes da Cooperativa Languiru, Sindilat/RSe Sig Combibloc.

O evento, aberto e gratuito, será transmitido via Zoom, das 10h às 12h e conta com o patrocínio do Banrisul.

INSCRIÇÕES CLIQUE AQUI 

Ou acompanhe pelo nosso canal do YouTube clicando aqui.

(Câmara Brasil-Alemanha no Rio Grande do Sul)


Jogo Rápido
Cadastre-se e concorra

Cadastre-se e receba diariamente, via whatsapp, a NEWSLETTER SINDILAT com as notícias mais importantes do setor lácteo na palma da sua mão. É GRÁTIS! CLIQUE AQUI, inscreva-se no período de 16/11/2020 e 23/11/2020 e concorra a um ingresso para o evento Dairy Vision 2020, edição on-line, que acontece nos dias 01 a 04 de Dezembro. Boa sorte! (Sindilat/RS)


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *