Pular para o conteúdo

07/08/2019

Porto Alegre, 07 de agosto de 2019                                              Ano 13 - N° 3.039

   Mercado LTO 

A oferta de leite na União Europeia (UE) aumentou, modestamente, (+0,2%) em maio. O volume teve crescimento de 1,6% em março e abril. A oferta de leite da Irlanda cresceu consideravelmente (+11%) em maio. Esse resultado acima de dois dígitos foi obtido pelo terceiro mês consecutivo. No Reino Unido, também teve crescimento. Na Polônia, foi menor do que a ocorrida nos meses anteriores. Na Holanda, Alemanha e França foi registrada queda de produção em maio.   


Apesar dos preços da manteiga na Europa estarem abaixo das cotações do mercado mundial, a demanda por exportação tem sido pequena.
 
A produção de leite nos principais países exportadores registrou queda em maio, exatamente como ocorreu em março de abril. As perdas mais acentuadas foram verificadas na Austrália e no Uruguai, enquanto na Nova Zelândia houve estabilidade no quinto mês do ano. A produção de leite nos Estados Unidos reduziu 0,4%. Dada à estagnação nos primeiros cinco meses de 2019, a taxa de crescimento do valor agregado nos principais países exportadores foi negativa no período: -0,4%.

O mercado da manteiga enfraqueceu desde a segunda quinzena de maio, depois da relativa estabilidade verificada em abril. Demanda pequena e oferta confortável, entre outros fatores, ajudaram a elevar os estoques, pressionando os preços. Apesar da cotação da manteiga na Europa estar abaixo da do mercado mundial, houve pequeno crescimento na demanda por exportações. Já para o leite em pó desnatado, depois da ligeira queda em junho, houve aumento da procura no início de julho. Atualmente a demanda para o leite em pó desnatado está firme, diminuindo a pressão sobre os preços. O mercado de leite em pó integral está fraco, mas, estável. (LTO Nederland - Tradução livre: Terra Viva)

 

Nestlé vende fábricas e licencia produção de leite UHT para Bela Vista
SÃO PAULO - (Atualizada às 12h31) A Nestlé, maior compradora de leite do país, está mudando sua política para leite UHT, ou longa vida. Fechou contrato de licenciamento, por 10 anos, das marcas Ninho e Molico com a Laticínios Bela Vista, que já produz o leite UHT Piracanjuba e LeitBom. 
Faz parte do acordo a venda à Bela Vista de 100% de duas fábricas da multinacional no país - a de Três Rios (RJ) e a Araraquara (SP). A fábrica de Carazinho (RS) será compartilhada pelas duas empresas. 
"Com esse acordo, vamos acelerar a expandir a distribuição das marcas Ninho e Molico", disse ao Valor Frank Plaumer, vice-presidente de marketing da Nestlé. O valor da operação não é revelado pela Nestlé, que vai receber royalties da Bela Vista.
O acerto deve ser comunicado ao Cade nos próximos dias e a estimativa da Nestlé é que a autarquia avalie a operação até o fim do ano, quando a Bela Vista poderá, então, assumir a operação acordada. Para o vice-presidente de marketing da Nestlé, Frank Plaumer, não se trata de operação que crie um grau de concentração importante no mercado de leite UHT. 
A multinacional tem joint ventures com a General Mills, para a produção de cereais matinais, e com a Fonterra, para a produção de iogurtes. Esta parceria com a Fonterra, a Dairy Partners Americas (DPA), foi colocada à venda neste ano, segundo o Valor informou em julho. 
Do total de leite que a Nestlé compra no Brasil, cerca de 1,7 bilhão de litros no ano passado, 10% vão para UHT. Os 90% são divididos para leite em pó (a maior parte), leite condensado, bebidas lácteas prontas para beber, requeijão e outros itens. 
O acordo prevê a manutenção de todos os funcionários que trabalham nas fábricas que estão sendo transferidas para a Bela Vista, que tem quatro unidades fabris, localizadas em Bela Vista de Goiás (GO), Governador Valadares (MG), Maravilha (SC) e Sulina (PR). Juntas, as fábricas têm capacidade de processar mais de 5 milhões de litros de leite por dia. Emprega 2,6 mil pessoas.
O Laticínios Bela Vista possui um portfólio com mais de 140 produtos, distribuídos nas marcas Piracanjuba, Pirakids, LeitBom, ChocoBom, MeuBom e Viva Bem, além da parceria com a Blue Diamond, a maior produtora de amêndoas do mundo, para a produção das bebidas Almond Breeze. (Valor Econômico)
 
 
 
Presidente da Santa Clara receberá Medalha Don Charles Bird durante a 38ª Expoagas
No dia 20 de agosto, o presidente da Cooperativa Santa Clara, Rogerio Bruno Sauthier, será homenageado durante a 38ª Convenção Gaúcha de Supermercados, a Expoagas, promovida pela Associação Gaúcha de Supermercados (Agas). Ele será condecorado com a Medalha Don Charles Bird, que agracia anualmente um fornecedor do varejo que se destaca no segmento mercadista do Rio Grande do Sul.
O anúncio da homenagem foi feito na manhã de terça-feira, 06, no lançamento oficial da Expoagas. Durante o discurso, o presidente da Agas, Antônio Cesa Longo, enfatizou o trabalho desenvolvido por Sauthier na direção da Cooperativa. "Queremos saudar o exemp7o de Rogerio Sauthier, um líder muito à frente do seu tempo que desenvolveu os pilares do associativismo para incentivar o crescimento dos cooperados", destacou. 
A medalha, que recebe o nome do primeiro presidente da Agas, será entregue durante a solenidade de abertura da Expoagas 2019, marcada para às 9h, no teatro do Sesi. A feira ocorre de 20 a 22 de agosto, no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre. (Assessoria de comunicação Santa Clara)
 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *