Pular para o conteúdo

06/12/2018

 

Porto Alegre, 06 de dezembro de 2018                                              Ano 12 - N° 2.874

Custo de produção cresceu 1,59% em outubro

ICPLeite/Embrapa - Em outubro o Índice de Custo de Produção de Leite - ICPLeite / Embrapa apresentou variação de 1,59%. Os grupos que possuem maior peso na ponderação do índice - Concentrado, Produção e compra de volumosos e Mão-de-obra, foram os que apresentaram maior variação. A ração para vaca em lactação puxou o grupo Concentrado, que voltou a crescer, apresentando alta de 2,99%. Já Produção e compra de volumosos registrou aumento nos preços de 1,61% e Mão-de-obra, 1,52%. O grupo Reprodução não variou. Os demais grupos tiveram variação inferior a uma unidade ou, ainda, variação negativa, a saber: Energia e combustível, 0,29%; Sanidade, 0,13%; Sal mineral 0,07% e Qualidade do leite -8,08%. O resumo dos dados encontra-se na Tabela 1.

 
Nos dez meses de 2018, o ICPLeite/Embrapa acumulou 14,58% de elevação de custos. À exceção do grupo Qualidade do leite que apresentou pequena variação negativa, -0,02%, as variações são positivas nos demais grupos. Concentrado e Energia e combustível lideram as altas registrando variações próximas: 22,57% e 22,25%, respectivamente, e Sal mineral apresentou alta de 14,59%. As altas verificadas nos outros grupos não chegaram a dois dígitos. Produção e compra de volumosos, registrou 9,89% de aumento, Sanidade 7,47%, Mão de obra, 5,95%, e Reprodução, 0,09%. Os dados encontram-se na Tabela 2.


 
Nos últimos 12 meses, o custo de produzir leite aumentou em 16,87%. Todos os grupos apresentaram variações positivas quando comparados a outubro de 2017. Merecem atenção as altas dos grupos Concentrado e Energia e combustível, ambas superiores à do índice, registrando, respectivamente, 26,24% e 22,57%. Sal mineral também apresentou alta considerável, 14,76%. %. Por ordem decrescente, as demais variações foram nos grupos Sanidade, 7,75%; Mão-de-obra, 5,95%, Qualidade do leite, 2,90% e, por fim, Reprodução: 0,09%. Os dados no acumulado de dozes meses para cada um dos grupos que compõem o índice encontram-se na Tabela 3. (Embrapa)
 
CNA pede suspensão de multa por descumprimento de tabela do frete 
 
A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF), como medida cautelar, a suspensão de multas a transportadores pelo descumprimento da tabela obrigatória de fretes rodoviários. O pedido foi incorporado à ação da entidade que tramita no STF e que pede a inconstitucionalidade da lei do tabelamento. "Se questionamos a inconstitucionalidade não faz sentido o pagamento de multas", disse Rudy Ferraz, chefe da assessoria jurídica da CNA. A expectativa da entidade é de que essa demanda pontual seja julgada pelo relator do processo, ministro Luiz Fux, antes do dia 20, quando começa o recesso no Judiciário. Não há previsão para o julgamento do mérito da ação. 
 
O presidente da CNA, João Martins, afirmou que a tabela de fretes foi criada "por uma ex-crescência de política errada", com aumentos mensais dos preços do diesel que causaram a greve de caminhoneiros, em maio deste ano, e, posteriormente, a legislação. 
 
"Com correções devidas e anulação de impostos, o diesel vai chegar a um preço que a ta-bela não tem razão de existir. Mas vamos continuar a bater que não concordamos", afirmou Martins. (J ornal do Comércio)
 
 

Tetra Pak traz a realidade aumentada para suas embalagens

A Tetra Pak, empresa global de soluções para processamento e envase de alimentos, inicia projeto de realidade aumentada em suas embalagens. Os mercados do Brasil e dos Estados Unidos são os primeiros a adotar a tecnologia que visa  estabelecer novos canais de interação com os consumidores e, de forma lúdica, esclarecer sobre a tecnologia contida nas embalagens cartonadas. Aqui, a partir deste mês, a novidade poderá ser conferida nas caixinhas de suco das marcas Maratá e Tial.

O projeto dá continuidade à campanha "Não é mito, é tecnologia", criada pela Heads Propaganda com o objetivo de esclarecer, por meio das embalagens, como é possível conservar bebidas e alimentos, sem colocar na geladeira ou usar conservantes.

Para vivenciar a experiência do novo projeto, o consumidor deve baixar o aplicativo "Tetra Pak - Mitos", desenvolvido pela ROAR para as plataformas iOS e Android. Para baixá-lo, o usuário pode ler o Qrcode da embalagem, utilizando a câmera do celular ou digitar "Tetra Pak - Mitos" na Apple Store ou Google Play. Em seguida, é preciso scanear a lateral da embalagens por meio do app para dar início à animação. São personagens mitológicos como dragões e sereias projetados como se estivessem saindo da embalagem para dar acesso, de forma divertida, a parte interna da caixinha. Imagens de frutas são visualizadas neste momento junto a botões interativos que levam para conteúdos de diferentes canais digitais da empresa, todos para reforçar a proteção alimentar oferecida pelas embalagens, fabricadas para impedir a entrada de oxigênio, luz e umidade, o que permite a preservação do sabor, da qualidade e dos nutrientes das bebidas.

"Em pesquisas que realizamos no mundo todo sobre tendências e perfis de consumo, identificamos o potencial das embalagens como vetor de comunicação. Para transformar as tendências em projetos, buscamos suportar nossos clientes para aderirem à inovação em suas linhas. As animações que serão projetadas em realidade aumentada chamam atenção e conseguem criar uma experiência diferenciada e informativa para os consumidores. Esta é a primeira de outras iniciativas focadas em digitalização que temos em nossos projetos", ressalta Vivian Leite, diretora de Marketing da Tetra Pak Brasil.

"O projeto de realidade aumentada vem de encontro com toda a nova comunicação que adotamos este ano para o nosso portfólio desenvolvida com o apoio da Tetra Pak. Agregar esta tecnologia aos nossos produtos é mais uma frente para consolidar nosso compromisso em trazer opções de qualidade e inovadoras ao consumidor", reforça Victor Wanderley, diretor da marca Sucos Tial.

Conteúdo integrado à tecnologia
Entre as informações presentes nas embalagens digitalizadas da campanha Não é mito - é tecnologia, a Tetra Pak destaca as seis camadas de proteção da caixinha, formadas por plástico, papel e alumínio. Responsáveis por preservar o alimento, elas impedem a entrada de oxigênio, luz e umidade e permitem preservar o sabor, a qualidade e os nutrientes dos produtos mesmo sem refrigeração. Os consumidores também poderão conhecer a importância do envase asséptico, realizado sem contato manual ou com o meio externo, o que permite que os alimentos fiquem livres de microrganismos.(Assessoria de Imprensa Tetra Pak)

Nestlé lança linha de iogurtes Nestum Go

A Nestlé lançou a gama Nestum Go, uma linha que alia iogurte aos cereais e que, de acordo com a marca, chega ao mercado em embalagens que não têm necessidade de refrigeração. "Nestum Go pode ser levado para qualquer lugar e consumido durante o dia em lanches da manhã ou da tarde", acrescenta ainda a marca.

Disponível em embalagens de 80 gramas, a gama Nestum Go está disponível nos habituais canais de distribuição nas referências Mel, Bolacha Maria e Morangos e Aveia. (Distribuição Hoje)

Lançamento Conselho Paritário Produtores/Indústrias de Leite do Estado de MG terá transmissão ao vivo
Conseleite/MG - O Conselho Paritário Produtores/Indústrias de Leite do Estado de Minas Gerais - CONSELEITE/MG entra em funcionamento nesta sexta-feira (7/12). O lançamento oficial será às 9h, na sede do Sistema FAEMG (av. Contorno, 1771, Floresta), em BH. O objetivo do trabalho é manter a transparência na formação de preços do mercado lácteo, com indicação de valores de referência em uma plataforma digital. Participam do lançamento representantes de sindicatos e de cooperativas de produtores rurais e de indústrias de laticínios. Para acompanhar o lançamento pela internet basta acessar o portal do SISTEMA FAEMG:www.sistemafaemg.org.br (Faemg)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *