Pular para o conteúdo

01/07/2015

         

 

 

Porto Alegre, 01 de junho de 2015                                                 Ano 9 - N° 2.072

 

  Leilão GDT: Leite em pó integral cai 10,8% e chega ao menor valor desde 2009

O resultado do leilão GDT desta quarta-feira (1/7) apresentou queda de -5,9% sobre o leilão anterior, com preços médios de lácteos em US$2.276/tonelada. É a oitava queda seguida que ocorre no preço médio dos lácteos no leilão GDT. 
O leite em pó integral apresentou forte queda, de 10,8%, sendo comercializado a um preço de US$ 2.054/tonelada. Tal valor é o menor preço do produto no Leilão GDT desde julho de 2009. 

O leite em pó desnatado também apresentou queda em seus preços (-5,8%), sendo cotado a US$ 1.875 tonelada. Pela quarta vez seguida, o leite em pó desnatado atingiu seu menor valor desde que passou a ser comercializado no leilão GDT, em 2010.

O queijo cheddar também apresentou queda, -4,9%, fechando o leilão a um preço médio de US$ 3.060/tonelada.

Gráfico 1. Histórico de preços do leilão GDT
Fonte: Global Dairy Trade, elaborado pelo MilkPoint Inteligência.

Os contratos para entrega futura de leite em pó integral também apresentaram fortes quedas, com o contrato de outubro apontando para um valor abaixo de US$ 2 mil/ton. No final do ano, os contratos indicam persistência de um cenário de preços baixos, com valores projetados de US$2.121/ton para dezembro, enquanto no leilão anterior, tal valor era de US$2.380/ton

Tabela 1 - Preços de leite em pó integral para entregas futuras

Fonte: gDT, elaborado pelo MilkPoint Inteligência.

Fazenda atende Mapa e libera recursos do seguro rural 2014

 

O Ministério da Fazenda "surpreendeu positivamente" a ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e liberou R$ 390 milhões para o pagamento de apólices do seguro rural contratadas em 2014. A decisão atende reivindicação da ministra, que nos últimos meses intensificou as negociações para a liberação dos recursos.

"Foi um esforço pessoal da ministra Katia Abreu. Os recursos foram liberados em uma tacada só", comentou o secretário de Política Agrícola, André Nassar.

Com o repasse desses R$ 390 milhões ao ministério da Agricultura, fica equacionado o débito do governo com as seguradoras. (Assessoria de Comunicação Social do MAPA)

 
Obras de recuperação do Parque Assis Brasil já atingem 90%

Faltando pouco menos de dois meses para a 38ª edição da Expointer, uma das maiores feiras agropecuárias da América Latina, as obras de recuperação do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, estão quase 90% concluídas. Conforme o subsecretário do parque, Sérgio Bandoca Foscarini, elas deverão estar prontas até a primeira quinzena de julho.

Neste ano, a Expointer ocorre entre os dias 29 de agosto e 6 de setembro. "A feira vai acontecer, e estaremos com o parque em dia tanto para receber expositores quanto o público que aqui vier", diz Foscarini. "Estamos trabalhando para que a Expointer ocorra atendendo às normas exigidas", destaca o subsecretário.

Em dezembro de 2014, a área sofreu destruições por conta de um vendaval com rajadas de até 129 km/h que atingiu a Região Metropolitana e prejudicou pelo menos 70% das instalações. Pavilhões como o da Área Internacional já foram recuperados.

Os trabalhos no Pavilhão do Gado de Corte estão na reta final. A expectativa é de que a partir da próxima semana se inicie a montagem das baias. Uma nova área de estacionamento está em construção, e a terraplanagem está em andamento. As obras são executadas pelo governo em parceria com o Sindicato da Indústria das Máquinas do RS (Simers), Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo Crioulo (ABCCC) e Farsul.

Já no Pavilhão do Cavalo Crioulo, os trabalhos estão em ritmo acelerado. A ABCCC está finalizando mais um pavilhão que vai abrigar equinos e terá espaço para o público conferir o desfile dos campeões, boulevard e pista coberta para os leilões da raça. Os operários estão trabalhando 24 horas nas obras, que têm recursos aportados pela entidade.

O cercamento da pista de julgamento da raça Holandês foi recuperado, e o mesmo serviço será executado na pista central, onde acontecem julgamentos de animais e o desfile dos campeões. Estão em andamento obras para a Casa da Organização das Cooperativas do RS e do Espaço do Sindimate, que vai abrigar a Escola do Chimarrão.

Para adequar o Parque Assis Brasil às normas de segurança exigidas pelo Corpo de Bombeiros, a administração está recolocando 220 caixas de luz na altura sugerida pela corporação e separando a fiação subterrânea da canalização que escoava o esgoto. A expectativa é de que o Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI) do parque seja liberado nos próximos dias.

Nesta quinta-feira (2), a Comissão de Infraestrutura deverá se reunir com a equipe da Secretaria de Obras para pedir agilidade nos documentos necessários para que o Assis Brasil receba a licença do plano. (SEAPA)

Há mais que sabores no Festiqueijo 2015, que começa amanhã em Carlos Barbosa. A Associação Comercial e Industrial aproveita o fluxo de pessoas para promover a Feira de Compras para pequenos fabricantes. 
 

 

    

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *